Litoral Norte

Redinha

O nome da praia vem do fato dos moradores fazerem rede para vender. A praia abriga o encontro das águas do Rio Potengi com o mar. É porta de saída das jangadas. A igreja da Redinha é um destaque com sua construção feita com pedras da praias, barro e óleo de baleia. O mar tem ondas fortes e recifes.

Santa Rita

Situada no município de Extremoz, Santa Rita é a primeira a exibir o aparecimento das Dunas, típicas do Litoral Norte. Praia típica de veraneio, com poucos bares, barracas de praia, e pouca movimentação de banhistas. Daqui é possível ver a Praia da Redinha, e mais ao fundo, Natal. Do outro lado, avista-se a praia de Genipabu. O mar é calmo, e na maré baixa, há piscinas naturais.

Genipabu

A 25 km de Natal, no município de Extremoz, está com certeza o cartão postal mais famoso do Rio Grande do Norte. Famosa pelas enormes dunas, pelos paredões de areia fina que avançam até o mar, seus imensos coqueiros e sua lagoa de águas doces, Genipabu é um dos principais passeios do Litoral do RN. As dunas de Genipabu atraem turistas do mundo inteiro para verem as dunas móveis.

Barra do Rio

Balsas bem rústicas, com homens remando, fazem a travessia entre Genipabu e Barra do Rio pelo Rio Ceará-Mirim, o que a torna uma praia de movimentação constante e beleza indescritível poís aqui podemos ver um dos mais belos por-do-sol de nossa região.

Graçandu

O acesso é feito pelas praias vizinhas como Pitangui e pela balsa de Barra do Rio. A areia é fofa, branca e há recifes no mar. A atração é o passeio de jet-ski e ultraleve. Ideal para banho, pois o mar é calmo e formam-se piscinas naturais, situa-se a 6km da praia de Genipabu.

Pitangui

Localizada a 15 km de Natal, Pitangui é uma praia tranqüila com dunas e coqueiral, onde a pesca da lagosta é o modo de sobrevivência dos pescadores. Na lagoa de Pitangui pode-se descer as dunas por cabo e ainda andar de Ultraleve e pedalinhos. Pitangui é roteiro obrigatório nos passeios de Buggy graças as suas belíssimas dunas e lagoas.

Jacumâ

Jacumã fica a 33 km de natal, e é uma praia cercada de arrecifes que a transformam em enseada, deixando o mar sem ondas, a tranqüilidade do mar proporciona banhos agradáveis e mergulhos e grandes caminhadas pelas suas areias brancas. Seu grande atrativo é a Lagoa de Jacumã, roteiro obrigatório dos passeios de buggy, o destaque fica por conta do aerobunda e do esquibunda.

Muriú

Principal praia de pesca de lagosta, possui uma paisagem recheada de dunas e coqueirais. Com jangadas, pequenas embarcações, e redes de arrasto, No entanto a tranqüilidade desta bela praia não é abalada pela movimentação nem na época de veraneio. O coqueiral e as ondas pacatas são atrativos juntamente com suas piscinas naturais que se formam a 1km da costa, uma delas é o Buraco da velha.

Barra de Maxaranguape

O encontro do Rio Maxaranguape, que corta o vilarejo, com o mar é um espetáculo de rara beleza. Recifes ao longo do litoral proporcionam água calma para o banho. Um dos carnavais mais animados dos veranistas do Litoral norte, Barra de Maxaranguape fica situada no município de mesmo nome é famosa pelo seu artesanato e sua pesca farta, além, é claro, do seu carnaval.

Caraúbas

Impossível não se apaixonar pelos coqueirais e pelo mar calmo de águas claras de Caraúbas. A paz reina neste pedaço de paraíso do litoral norte-rio-grandense, já que é uma praia semi deserta, típica vila de pescadores. Praia que fica no município de Maxaranguape, e possui uma das mais belas paisagens do litoral norte. Há ainda falésias e jangadas.

Maracajaú

A 60 km de Natal, Maracajaú surpreende pelas suas águas cristalinas e mornas, tem areia branca e um imenso coqueiral. Aqui estão os parrachos, bancos de corais em alto mar, a 7km da costa. Ideal para a prática de mergulho, tanto snorkel ou com cilindro. Os parrachos abrigam uma enorme variedade de fauna e flora composta pelos mais diversos e coloridos peixes ornamentais, lagostas, e polvos.

Punaú

Fica na foz do Rio Punaú. Situada a 65 km de Natal, possui uma das mais belas paisagens do litoral norte. A Barra do Rio Punaú, no encontro das águas, é um lugar único. Como a maioria das praias deste lado do Estado, é formada por coqueirais e dunas, tendo como grande atração o encontro do Rio Punaú com o mar. Seus arrecifes a tornam ideal para a prática de pesca submarina.

Zumbi

No município de Rio do Fogo, encontramos a praia de Zumbi, de beleza quase selvagem, é uma típica de vila de pescadores com casas de veraneio. Tem mar calmo, areia fofa, dunas baixas e coqueirais, proporcionando uma paisagem de rara beleza que atrai os visitantes para longas caminhadas em suas areias.

Rio do Fogo

As praias possuem falésias, recifes e boas condições para a pesca submarina. Diz a lenda que os pescadores costumavam avistar a noite um grande círculo de fogo em torno da lagoa. Como as águas dessa lagoa se encontram com o mar, os habitantes passaram a chamar o local de Rio do Fogo.

Perobas

Em meio a muitos coqueiros e recifes, a praia de Perobas, a 78 km de Natal, no Litoral Norte, é uma vila de pescadores onde a tranqüilidade predomina. Nessa praia é possível ouvir o som que o vento tira das folhas dos coqueiros. Distante 5 km da costa, estão os corais, também conhecidos por parrachos de Rio do Fogo, uma área ainda pouco explorada, de uma beleza rara.

Touros

Uma das mais famosas praias potiguar, privilegiada pela beleza natural. Com acesso pela BR 101, situado a 106 km de Natal, o município de Touros abriga o primeiro registro da posse dos Portugueses em nossa costa. Datado de 1501, o marco de Touros é um Patrimônio Nacional. Hoje, Touros é um vilarejo de pescadores com praias tranqüilas e um dos faróis mais importantes da América Latina.

São Miguel do Gostoso

A 112 km de Natal, a praia de São Miguel do Gostoso, conhecida como a “esquina do continente”, conta com praias tranqüilas e denso coqueiral. Seus ventos intensos favorecem a prática do windsurfe e do kitesurf. A famosa tranqüilidade que sempre lhe foi peculiar, apesar de tantas mudanças, continua intacta.Vale a pena conhecer este recanto do paraíso que faz jus ao próprio nome.

Ponta do Mel

A região conhecida por Costa Branca, tradicional produtora de sal do Rio Grande do Norte, apresenta cenários deslumbrantes, com imensas dunas, falésias e praias desertas. A praia de Ponta do Mel, apresenta uma peculiaridade: é exatamente nesse ponto à 255 km de Natal, no litoral Norte, que o sertão vai de encontro ao mar, criando um cenário exótico, com enormes falésias de terra avermelhada.

Galinhos

É uma península cercada por dunas, rio e salinas. Galinhos tem cerca de 2 mil habitantes. Pela sua localização o acesso só pode ser feito de barco, veículo 4×4 e bugue, na maré baixa, enfrentando dunas. Dunas, salinas e manguezauis formam as paisagens que encantam os turistas, a vila de Galinhos é diferente, não possui trânsito de automóveis. Charretes formam um cenário diferente.

%d blogueiros gostam disto: